Jovem ferido em ataque a tiros ao sul de Hebron

Um israelense foi baleado em um ataque terrorista na localidade de Carmel, no sul da região da Samaria e Judeia, perto da cidade de Hebron, na noite desta quinta-feira.

O incidente ocorreu quando uma sirene de infiltração soou na área, e o Comando da Frente Interna instruiu os moradores a permanecerem em suas casas e trancarem suas portas e janelas. As restrições foram levantadas algumas horas depois.

O serviço de ambulância Magen David Adom disse que seus médicos trataram um jovem de 18 anos que foi ferido moderadamente por tiros e o levaram para o hospital Soroka de Beer Sheva. Os tiros foram contra uma yeshivá (escola religiosa) de Carmel.

Dezenas de soldados foram deslocados para o local e lançaram uma busca ao homem armado e outros possíveis suspeitos.

Um vídeo postado nas redes sociais mostrou várias pessoas correndo na cidade enquanto a sirene tocava. Uma foto da cena mostrava uma janela quebrada em uma yeshivá na localidade.

O ataque ocorreu em um momento de crescente violência na região. No início da manhã de quarta-feira, um oficial israelense foi morto em um tiroteio com dois palestinos ao longo da barreira de segurança da Samaria e Judeia. A dupla de terroristas também foi morta no confronto.

LEIA TAMBÉM

As tropas israelenses têm sido repetidamente alvo de tiros durante as incursões noturnas na região, em um esforço de vários meses contra terroristas palestinos. Os militares lançaram uma operação após uma série de atentados que mataram 19 pessoas entre meados de março e o início de maio.

Mais de 2.000 suspeitos foram detidos desde o início do ano, segundo a agência de segurança Shin Bet.

O terrorista que realizou o atentado desta noite ainda não foi localizado.

Fonte: The Times of Israel
F0to: FDI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.