Ministra viajou aos EUA para nascimento do filho

A ministra dos Transportes, Merav Michaeli, e seu parceiro, o comediante Lior Schleien, anunciaram na noite de sábado que são os novos pais de um filho de uma mãe de aluguel nos Estados Unidos.

Antes de fazer o anúncio sobre o novo membro da família, Michaeli enfrentou críticas por ir ao exterior para o que se pensava ser um período de férias durante a pandemia do coronavírus, pois o primeiro-ministro Naftali Bennett tinha pedido aos israelenses para não irem para o exterior se não tivessem um bom motivo.

“Estamos muito felizes por tê-lo e sermos seus pais”, escreveu Michaeli no Facebook. “Esta é uma história de amor. Agora é uma história de amor de três”.

Michaeli e Schleien viajaram para os Estados Unidos para acompanhar o parto da criança, a quem deram o nome de Uri.

“A primeira vez que Lior me disse que deveríamos ter um bebê, eu tinha certeza de que era uma piada”, escreveu Michaeli. “Afinal, ele é um comediante, e sabe-se que eu não pretendia ter filhos”.

LEIA TAMBÉM

Michaeli disse que tinha certeza de que Schleien desistiria da ideia, porque eles tinham vidas maravilhosas. Mas ela disse que com o tempo, ela percebeu o quanto ele queria um filho.

A ministra, de 54 anos, revelou que fez tratamentos de fertilidade sem sucesso. “Decidi embarcar nessa jornada com ele”, escreveu Michaeli. “Foi uma jornada com muitas tentativas”.

Michaeli revelou que a mãe da criança se chama Kelsey e disse que queria ajudar um casal que não poderia ter filhos.

No passado, Michaeli disse que era errado esperar que as mulheres tivessem filhos e que elas poderiam ter uma vida plena e satisfatória sem ter filhos.

Ter um filho não muda nada sobre o que acredito em relação à desigualdade que torna a maternidade um fardo para as mulheres”, escreveu ela. “Não muda minha visão de que você pode ser uma mulher completa sem ser mãe”.

Fonte: The Jerusalem Post
Foto: Instagram Merav Michaeli

2 thoughts on “Ministra viajou aos EUA para nascimento do filho

Fechado para comentários.