Tudo sobre as novas restrições a partir de domingo

A partir do próximo domingo, dia 22 de agosto, as diretrizes do “Passaporte Verde” e “Selo Roxo” serão implementadas em todo o país, assim como diversas restrições a aglomeração, em um esforço para conter a onda crescente de morbidade. A seguir está uma lista de diretrizes:

Locais onde o selo roxo será aplicado (ocupação de uma pessoa por 7 metros quadrados, sob responsabilidade do empresário):

– Shoppings
– Centros Comerciais
– Lojas (lojas de até 100 metros quadrados serão excluídas e o selo roxo não será exigido)
– Complexos onde ocorre a recepção do público

Os locais onde a “selo roxo” se aplicará devem portar uma placa explicando as restrições e nomear um comissário Corona.

Locais onde o Passaporte verde será exigido

– Eventos culturais e esportivos
– Conferências e exposições
– Hotéis
– Ginásios e estúdios, piscinas e clube de campo
– Casas de oração para mais de 50 pessoas
– Salões de festas
– Festivais
– Restaurantes, bares, refeitórios e cafés
– Museus e bibliotecas
– Atrações turísticas e parques de diversão
– Universidades e instituições de ensino superior

LEIA TAMBÉM

Os certificados do Passaporte Verde são necessários para todos

– Vacinados
– Em recuperação
– Testados com um resultado negativo

O Passaporte Verde pode ser baixado no aplicativo “Ramzor”, no site do Ministério da Saúde ou na Voz da Saúde (*5400)

Política de Passaporte Verde por idade

– 0 a 3 anos: isentos de apresentar Passaporte Verde
– 3 a 12 anos: testes financiados pelo estado
– 12 e acima: testes com financiamento privado

Validade dos testes

Testes PCR são válidos por 72 horas. Testes rápidos (antígeno) válidos por 24 horas

Um teste PCR apresentado na entrada dos hotéis será válido para toda a duração das férias (crianças de 3 a 12 anos e vacinados poderão realizar um teste PCR para férias em hotel em Israel nos fundos de saúde ou nas estações do Comando da Frente Interna, gratuitamente).

Restrições de público em eventos privados ou em casas

– Até 100 pessoas em um espaço aberto
– Até 50 pessoas em ambientes fechados

Restrição de multidões em salões de eventos

– Até 500 pessoas em um espaço aberto
– Até 400 pessoas em ambientes fechados

Além do limite do número de pessoas, não é permitido realizar eventos que ultrapassem 75% da ocupação máxima do local.

Atenção: As novas restrições deveriam entrar em vigor dia 18 de agosto, mas tendo em vista a política de anunciar novas restrições cerca de uma semana antes de sua entrada em vigor para dar tempo ao público para se preparar, e uma vez que a decisão sobre a lotação de salões e jardins de eventos foi tomada no domingo pela equipe interministerial, o ministério concordou que esta diretiva entrará em vigor no próximo domingo, 22/8/2021.

O Ministério da Saúde recomenda mais uma vez evitar aglomerações durante este período, mesmo que não exista uma diretriz de proibição.

Restrição de multidão em eventos públicos (onde não há assentos marcados)

– Até 1.000 pessoas em ambientes fechados
– Até 5.000 pessoas em espaço aberto

Dever de usar máscaras

– Todos os lugares fechados, exceto o local de residência
– Em uma reunião em espaço aberto com mais de 100 pessoas

Lista de países e diretrizes

O Ministério da Saúde lembra ao público que a nova lista de classificação de países entrará em vigor nesta segunda-feira, dia 16/8/2021.

Países amarelos – com baixo risco

A viagem é permitida, mas na volta a Israel há a obrigação de isolar até que uma resposta negativa seja recebida ou 24 horas, o que ocorrer antes (pessoas não vacinadas devem ser totalmente isoladas).

Áustria, Austrália, Hong Kong, Hungria, Taiwan, Moldávia, Nova Zelândia, China. Cingapura, República Checa

Países vermelhos – com risco máximo

Viagens são proibidas, exceto em casos excepcionais aprovados pelo Comitê de Exceções. Os que retornam, inclusive vacinados e em recuperados, devem ficar em completo isolamento.

Bulgária, Brasil, Geórgia, México, Espanha, Turquia

Países laranja – países em risco

Os países que não aparecem em uma das duas categorias acima (risco máximo e baixo risco), são definidos como países laranja (países em risco), e os repatriados deles deverão entrar em isolamento, em qualquer idade, incluindo vacinado e em recuperação.

Deve-se notar que a classificação dos países nas várias categorias é examinada de tempos em tempos de acordo com os dados de morbidade, e uma lista atualizada é publicada.

A lista dos países é atualizada no site do Ministério da Saúde.

Informações e diretrizes para aqueles que entram em Israel

Um teste de PCR deve ser realizado nas 72 horas anteriores à partida para Israel, se o passageiro estiver no exterior por mais de 72 horas.

Um resultado negativo escrito em inglês com o número do passaporte do passageiro deve ser apresentado no Aeroporto.

Esta disposição é obrigatória para todos aqueles que decolarem para Israel, em qualquer idade, incluindo aqueles vacinados e em recuperação.

Serão aceitos apenas testes de PCR. Não serão aceitos testes rápidos ou de qualquer outro tipo.

Se a caminho de Israel houver um voo de conexão e o tempo de espera entre o primeiro voo e o pouso em Israel for superior a 24 horas, o teste deve ser realizado nas 72 horas anteriores à partida do voo de chegada a Israel.

Fonte: Ministério da Saúde
Foto: Olivier Fitoussi (Flash90)

2 thoughts on “Tudo sobre as novas restrições a partir de domingo

Fechado para comentários.