Ministro sugere iniciar as aulas em 1º de outubro

O ministro da Segurança Pública, Omer Bar Lev, disse no sábado que sua recomendação ao gabinete do coronavírus é adiar o início do ano letivo para 1º de outubro.

“Não entendo a lógica por trás da decisão de começar em 1º de setembro, quando há apenas seis dias letivos em todo o mês, com a curva de infecção pelo coronavírus crescendo neste momento”, disse ele.

As escolas israelenses entram em férias legais durante os três feriados judaicos de outono – Rosh Hashaná (6 a 8 de setembro), Yom Kippur (15 e 16) e Sucot (20 a 29).

Os comentários de Bar Lev vieram em resposta a perguntas de Yoav Krakovsky, da TV KAN, em um evento cultural de sábado no norte de Tel Aviv.

“Crianças com menos de 12 anos e adolescentes não vacinados são os principais disseminadores da variante Delta e, portanto, adiar o início do ano escolar ajudará a nivelar a curva de infecção durante o mês de setembro”, acrescentou Bar Lev.

“O gabinete ainda não aceitou minha recomendação, mas suponho que, assim como com o Passaporte Verde, onde pedi que o gabinete agisse duas semanas antes de realmente agir, neste caso minha recomendação será eventualmente aceita”, disse ele.

LEIA TAMBÉM

O ano letivo está previsto para começar em 1º de setembro, como de costume. O primeiro-ministro Naftali Bennett aprovou um plano para começar o ano letivo apresentado a ele na semana passada pelos ministérios da Saúde, Educação e Finanças.

O plano, que ainda deve ser aprovado pelo gabinete do coronavírus, consiste em cinco camadas de ações de proteção para ajudar a manter o COVID-19 fora do sistema escolar: testes sorológicos, teste rápido de antígenos, o programa “Sala de Aula Verde” onde alunos ou membros do corpo docente que entram em contato com aluno doente passa por testes em sete dias, teste de coronavírus uma vez por semana nas áreas vermelhas e laranja e mudanças de estilo de vida que incluem vestir máscaras, respeitar o distanciamento social, manter uma boa higiene e ter aulas em áreas abertas quando possível.

Fonte: The Jerusalem Post
Foto: Cortesia. O ministro da Segurança Pública, Omer Bar Lev, fala em um evento cultural de sábado em 14 de agosto de 2021.

One thought on “Ministro sugere iniciar as aulas em 1º de outubro

Fechado para comentários.