Vacina Brilife de Israel entra na segunda fase

Esta semana foi vacinado o primeiro voluntário da segunda fase do ensaio clínico da Brilife, a vacina contra COVID-19 desenvolvida em Israel. O cidadão da cidade de Elad foi vacinado no Centro Médico Barzilai em Ashkelon, na presença do presidente israelense Reuven Rivlin.

Os próximos cinco voluntários devem receber suas primeiras doses até o final desta semana.

A Brilife foi desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa Biológica de Israel, subordinado ao Ministério da Defesa. O ensaio de fase I da vacina foi concluído no final de novembro e consistiu na vacinação de cerca de 80 voluntários com idades entre 18 e 55 anos no Hadassah Medical Center de Jerusalém e no Sheba Medical Center, em Ramat Gan. Nenhum efeito colateral significativo foi identificado.

LEIA TAMBÉM

Até agora, cerca de 350 voluntários em potencial se inscreveram para a fase II do ensaio, que incluirá 1.000 voluntários saudáveis com 18 anos ou mais, incluindo idosos. O objetivo desta fase é completar as precauções de segurança da vacina, determinar as doses efetivas e ainda determinar a eficácia da vacina.

Se o ensaio de fase II for bem-sucedido, permitirá que um ensaio de fase III em grande escala seja iniciado para testar a eficácia da vacina com a participação de até 30.000 voluntários em Israel e no exterior. Seria a fase final necessária para obter a aprovação da vacinação.

Foto: Cortesia do Instituto de Pesquisa Biológica de Israel do Ministério da Defesa em Ness Ziona. Frascos da vacina experimental Covid-19.

2 thoughts on “Vacina Brilife de Israel entra na segunda fase

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *