Montagem substitui Taylor por Gadot em Cleópatra

A estrela israelense aparece como a personagem egípcia em uma montagem que substituiu o rosto de Elizabeth Taylor, a atriz que estrelou o clássico de 1963, pelo seu.

Para conter a onda de reclamações que surgiram no Twitter depois que foi confirmado que a atriz israelense Gal Gadot estrelará um remake de Cleópatra, Reface, um aplicativo que usa tecnologia para trocar faces em vídeos, criou um videoclipe do clássico de 1963 substituindo o rosto da protagonista, Elizabeth Taylor, pelo de Gadot.

Duas coisas ficam imediatamente claras no vídeo, que mostra Gadot em muitas das roupas que Taylor usou no filme. A primeira é que Gadot tem uma ligeira semelhança com Taylor que não havia sido percebida até agora. A segunda é que a estrela israelense tem uma presença adequada para brilhar no papel.

O clipe é composto por uma canção de rap árabe, que é uma homenagem à cena egípcia e, possivelmente, um aceno irônico à polêmica.

LEIA TAMBÉM

Os cenários e figurinos do filme são incrivelmente luxuosos, o que faz sentido porque Cleópatra foi o filme mais caro já feito, com um orçamento de mais de US$ 100 milhões.

Aparentemente, Taylor não teve permissão para entrar no Egito no início porque ela era judia. A atriz se converteu ao Judaísmo em 1959, influenciada pelo cantor Eddie Fisher, seu primeiro parceiro, e seu terceiro marido, o produtor Mike Todd.

Durante a crise de reféns em Entebbe, Uganda, Taylor ofereceu-se como refém para substituir os israelenses, e mais tarde apareceu em um pequeno papel no filme Vitória em Entebbe.

Gadot não terá problemas em filmar no Egito como judia ou israelense, já que os dois países assinaram a paz em 1979 e os israelenses têm permissão para entrar no Cairo. Além disso, o videoclipe prova que Gadot não será menos glamorosa do que Taylor como Cleópatra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *