Rede de hambúrgueres Hardee’s chega a Israel

A rede americana Hardee’s está chegando a Israel. Segundo o site Calcalist a marca americana de hambúrgueres do grupo CKE Restaurants Holdings, Inc. planeja abrir cerca de 15 filiais em Israel na primeira fase.

Representantes da alta administração da matriz americana, chefiada pelo VP de Vendas e Desenvolvimento de Franquia Internacional, Mark Moshkin, chegarão a Israel em dezembro na tentativa de encontrar um parceiro potencial para abrir a primeira filial da rede em Israel.

A marca americana permitirá que apenas um franqueado opere todas as suas filiais em Israel.

O Grupo CKE é uma empresa privada sediada no Tennessee, EUA. O grupo opera aproximadamente 4.000 filiais em todo o mundo com duas marcas de fast food: Hardee’s e Carl’s Jr. Ambas são marcas de hambúrguer, operando nos EUA, América Central e do Sul, Europa, Ásia, África, Austrália e Oriente Médio.

A rede Hardee´s tem 1.766 filiais nos Estados Unidos (entre 2019 e 2020, 64 filiais foram fechadas) e 424 filiais abertas fora dos Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM

De acordo com um ranking publicado na QSR Magazine, a rede faturou US$ 2 bilhões em 2020 e está em 25º lugar na lista das 50 redes de fast food dos EUA. Para efeito de comparação, o McDonald’s está no topo da lista de fast food entre as marcas de alimentos nos EUA e faturou US$ 40 bilhões no ano passado.

A rede Hardee’s chegou ao Oriente Médio em 1980, e Israel é o único país da região em que a rede ainda não está ativa. A primeira filial deve ser aberta em Tel Aviv.

A empresa não abre restaurantes de propriedade direta e as filiais da rede fora dos Estados Unidos são operadas por franqueados independentes.

A rede opera um serviço de delivery que se desenvolveu na era Corona, além de compras em agências de autoatendimento, semelhantes a outras redes de fast food, e em algumas filiais o serviço também inclui o serviço de mesa. O menu do Hardee’s inclui hambúrgueres Angus grelhados, sanduíches de frango e um pão artesanal.

A entrada no mercado israelense faz parte do crescimento da rede e do desenvolvimento das atividades no Oriente Médio.

A empresa abriu sua primeira filial no Oriente Médio no Kuwait e desde então se expandiu para outros 12 países da região.

Fonte: Calcalist
Foto: Ildar Sagdejev (Specious)CC BY-SA 4.0 (Wikimedia Commons)