Regras e procedimentos para entrar em Israel

A partir de 1º de novembro de 2021, não haverá mais um sistema de autorização para entrar em Israel. O turista não precisará mais ser um parente de primeiro grau, nem precisará solicitar uma licença com 30 dias de antecedência. No entanto, é necessário atender a certos critérios de vacinação ou recuperação para entrar em Israel.

Critérios para entrar em Israel.

O turista deve atender a uma destas condições para entrar em Israel:

a. Vacinado dentro de seis meses anteriores à viagem com uma segunda dose ou um reforço (Pfizer, pelo menos 7 dias após a vacinação; outras vacinas, pelo menos 14 dias após a inoculação). OU

b. Recuperado nos seis meses anteriores à viagem com prova de um resultado positivo de PCR e pelo menos 11 dias desde o resultado positivo. OU

c. Recuperado a qualquer momento – mesmo com mais de seis meses antes da viagem – com prova de resultado de PCR positivo E vacinado com pelo menos uma dose nos seis meses anteriores à viagem.

Se seis meses se passarem desde sua última vacina ou desde sua recuperação durante sua estadia em Israel, você ainda pode vir para Israel; no entanto, seu passaporte verde irá expirar durante sua visita quando passar a marca de seis meses.

Se você tem passaporte israelense válido foi vacinado ou se recuperou há mais de seis meses, ou nunca foi vacinado ou se recuperou, terá que fazer uma quarentena de 7 dias. A liberação da quarentena vem com um PCR negativo na chegada em Israel e um PCR negativo no sétimo dia.

LEIA TAMBÉM

Processo para entrar em Israel

O turista poderá entrar em Israel com o Formulário de Declaração do Ministério da Saúde, que deve ser preenchido 48 horas antes do seu voo: https://corona.health.gov.il/en/flights

Depois de preencher este formulário corretamente, em poucos minutos você receberá um e-mail de “Do Not Reply-MOH”, que é o registro que você precisa mostrar no aeroporto. Seu passe verde será incluído. Se o seu certificado de vacinação não for validado digitalmente em Israel, pode demorar mais para receber este e-mail.

Dicas para preencher este formulário corretamente:

1. Deve ser concluído dentro de 48 horas de um voo; será a base de sua entrada em Israel.

2. São necessárias informações específicas do voo, ou seja, o nome da companhia aérea, o número do voo e a hora estimada de chegada a Israel.

3. Você precisará de um local de isolamento específico, com um endereço e número de casa específicos que não podem ser alterados posteriormente.

4. Você precisará enviar seus registros de vacinação em PDF. Se você tiver um registro de vacinação com um código QR, use-o.

5. Se você estiver enviando uma carta de recuperação junto com resultados de PCR positivos, ou qualquer outro documento de várias páginas, você deve mesclá-los em um arquivo e compactá-los usando, por exemplo, https://www.ilovepdf.com/.

6. Certifique-se de que todos os arquivos tenham menos de 1 MB. A compactação também pode ser feita em https://www.ilovepdf.com.

7. Todos precisam de um teste PCR negativo 72 horas antes da decolagem. A isenção do teste de PCR pré-partida será concedida aos recuperados, se pelo menos 11 dias e não mais de 3 meses se passaram desde o dia do diagnóstico como um caso COVID-19. Observe que esta isenção é apenas para testes PCR pré-partida, não é uma isenção do teste PCR na chegada a Israel.

8. Você deve ter seu teste PCR negativo e uma cópia do Formulário de Declaração de Entrada para embarcar para Israel. Estes são os únicos documentos de que você precisa.

Protocolo para chegada a Israel

1. Todos, exceto os cidadãos israelenses, precisam fazer um teste PCR ao chegar ao Aeroporto Ben Gurion. Reserve o seu teste com antecedência com TestnGo: https://testngo.femi.com/en/sign-in

Se seu teste for positivo no Aeroporto Ben Gurion, você estará em quarentena de 10 dias. Não há exceções e não há como encurtar sua quarentena se isso acontecer.

2. Em seu formulário TestnGo, use um número de celular israelense ao qual você tenha acesso. É aí que você receberá os resultados do seu teste PCR. Deixar de fornecer um número de celular israelense pode se tornar problemático.

3. Não há mais necessidade de teste sorológico em Israel para receber um passaporte verde ou sair da quarentena e, portanto, não há necessidade de agendar um teste.

4. Quarentena de 24 horas: a maioria dos visitantes que chegam a Israel será mantida neste nível de quarentena, o que significa que você será liberado após receber um resultado de PCR negativo do aeroporto ou depois de 24 horas, o que ocorrer primeiro.

5. Haverá uma quarentena de 10 dias para aqueles com teste positivo para COVID no Aeroporto Ben Gurion

6. Haverá uma quarentena de 7 dias para qualquer pessoa com um passaporte israelense válido que não seja vacinado ou recuperado nos últimos seis meses. A liberação da quarentena vem com um PCR negativo na chegada em Israel e um PCR negativo no dia sete.

Não está claro se as crianças menores de 12 anos, que ainda não são elegíveis para a vacinação, poderão entrar no país sob o novo plano. Espera-se que as crianças com 5 anos ou mais se tornem elegíveis para a vacinação no próximo mês, mas não poderão ser totalmente vacinadas até o final do ano e ainda não existe um prazo para a vacinação das crianças mais novas.

Também pode haver complicações para os turistas que vêm de países onde as doses de reforço ainda não estão amplamente disponíveis, incluindo os Estados Unidos, onde apenas certas categorias de pessoas estão atualmente qualificadas para receber doses de reforço.

Fontes: Hamodia e JTA
Foto: Yonatan Sindel (Flash90)

6 thoughts on “Regras e procedimentos para entrar em Israel

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: