Restrições do corona devem terminar em 3 semanas

Em cerca de três semanas, Israel poderá estar livre das restrições devidas ao coronavírus, se a situação epidemiológica continuar a melhorar, disse o vice-ministro da Saúde, Yoav Kish, nesta quarta-feira, quando o país registrou menos de 100 novos casos, pelo quarto dia consecutivo.

“Em uma semana, a partir de quinta-feira, o programa do passaporte verde não incluirá nenhum novo limite”, disse Kish ao se dirigir ao plenário da Knesset, convocado para aprovar as novas regras e estender as existentes. “Acredito que, se a doença continuar a diminuir, em três semanas a partir de hoje iremos remover as restrições completamente”.

“Enquanto a morbidade continuar diminuindo, podemos chegar a uma situação em que, na minha avaliação, em três semanas a partir de agora o Estado de Israel estará quase sem restrições, e isso é uma conquista incrível”, acrescentou.

Cerca de 86 novos casos foram identificados na terça-feira, com menos de 0,3% dos 34.000 exames realizados retornando um resultado positivo. Os números estão em linha com os dos dias anteriores. O número de pacientes graves e portadores ativos do vírus no país também continuou a cair, chegando a 132 e 1.651, respectivamente.

LEIA TAMBÉM

No pico da pandemia em janeiro, havia 1.200 pacientes graves e dezenas de milhares de casos ativos.

Fonte: The Jerusalem Post_
Foto: Marcia Cherman Sasson

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *