Strauss expande recall para mais produtos

A Strauss expandiu o recall anunciado no início desta semana para todos os produtos Elite, Energy, chicletes e caramelos depois que vestígios de salmonela foram encontrados nas linhas de produção.

Todos os chocolates, bolos e wafers Elite, barras de cereais Energy e bolos de arroz cobertos com chocolate e todas as gomas de mascar e caramelos Strauss serão recolhidos das prateleiras das lojas, independentemente da data de validade.

A Strauss redefinirá as operações na fábrica de doces e reiniciará as operações depois que os problemas forem corrigidos. A empresa encontrou duas amostras suspeitas de salmonela de dois produtos de chocolate que foram recolhidas no recall, entre 270 amostras coletadas.

“Não vamos correr nenhum risco e arcaremos com todos os custos que se espera de nós”, disse a empresa. “Todos os outros produtos do grupo são seguros para consumo”.

Na quarta-feira, um menino de 10 anos foi diagnosticado com salmonela após ser internado no hospital com desidratação grave como resultado de vômitos e diarreia prolongados.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou na quarta-feira que um surto de salmonela relatado no Reino Unido em 27 de março estava relacionado ao chocolate produzido na fábrica da Ferrero Corporate em Arlon, na Bélgica, que foi distribuído para pelo menos 113 países.

LEIA TAMBÉM

Um alerta global foi lançado pela Rede Internacional de Autoridades de Segurança Alimentar (INFOSAN) iniciando um recall mundial de produtos e, até o momento, 151 casos geneticamente relacionados suspeitos de estarem ligados ao consumo dos produtos de chocolate foram relatados em 11 países.

Entre os países afetados estão Bélgica, França, Alemanha, Irlanda, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Espanha, Suécia, Reino Unido e Estados Unidos. Ainda não está claro se o surto em Israel está ligado ao surto na Europa, embora Israel tenha sido listado como um dos países onde o chocolate afetado foi distribuído.

De acordo com a Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UKHSA), a cepa do surto de salmonela é resistente a seis tipos de antibióticos: penicilinas, aminoglicosídeos (estreptomicina, espectinomicina, canamicina e gentamicina), fenicols, sulfonamidas, trimetoprim, tetraciclinas.

A OMS afirmou que o risco de o surto se espalhar globalmente é avaliado como moderado até que as informações estejam disponíveis sobre o recall total dos produtos implicados. As informações sobre a gravidade da doença causada por essa cepa de salmonela ainda são limitadas.

Fonte: The Jerusalem Post

One thought on “Strauss expande recall para mais produtos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.