Terroristas de Elad ainda não foram capturados

Quase dois dias depois do início da caçada aos autores do ataque terrorista em Elad, as autoridades de segurança decidiram expandir a área da busca do entorno da cidade no centro do país para incluir também comunidades árabes próximas e a área da barreira de segurança da região da Samaria e Judeia.

Um oficial da polícia disse ao Ynet neste sábado que “à medida que as horas passam, os esforços estão sendo concentrados na inteligência, embora ainda continuem as buscas com grandes forças na terra e no ar”.

Os serviços de segurança acreditam que os terroristas palestinos As’ad Yousef As’ad al-Rifa’i, e Subhi Emad Subhi Abu Shqeir, em breve cometerão um erro e revelarão seu paradeiro. Ambos são da aldeia Rumana, nos arredores de Jenin, no norte da região da Samaria e Judeia.

A busca é intensa pelos dois terroristas que realizaram o ataque com machado e faca em um parque central e uma estrada próxima em Elad na noite de quinta-feira, porque há preocupações de que a dupla possa atacar novamente.

LEIA TAMBÉM

Autoridades disseram que acreditam que os dois tenham permanecido em Israel. As forças estavam agora fazendo buscas na região de Wadi Ara, onde estão localizadas várias cidades árabes no norte do país.

As vítimas do ataque terrorista de quinta-feira em Elad foram enterradas nesta sexta-feira. Milhares de pessoas assistiram aos funerais dos três homens mortos no ataque.

Uma das vítimas foi quem levou os terroristas ao local do ataque, pensando ajudar os dois palestinos oferecendo-lhes uma carona. Quando chegaram, um dos terroristas o atacou e o matou.

Fontes: The Jerusalem Post e The Times of Israel

One thought on “Terroristas de Elad ainda não foram capturados

Fechado para comentários.