Estradas próximas a Gaza permanecerão fechadas

Após uma nova avaliação realizada pelas Forças de Defesa de Israel, o fechamento de estradas ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza permanecerá em vigor nesta quinta-feira, pelo terceiro dia consecutivo.

Os fechamentos ocorreram pelo receio de um ataque iminente do grupo terrorista Jihad Islâmica Palestina, depois que as FDI prenderam seu líder na segunda-feira. Na quarta-feira, as FDI reforçaram sua Divisão de Gaza para ajudar a manter civis fora de áreas restritas.

O Comando Sul das FDI e a matriz de defesa aérea também estavam em alerta máximo para a possibilidade de disparo de foguetes. Israel alertou grupos terroristas baseados no enclave que responderia com força a qualquer ataque de vingança, após a recente prisão de Bassem Saadi, que lidera a Jihad Islâmica em Jenin.

As tensões nas proximidades de Gaza aumentaram após a prisão de Saadi.  O grupo terrorista com sede em Gaza anunciou que estava declarando estado de “alerta” e aumentando a “prontidão” de seus combatentes.

O jornal palestino Al-Quds, citando uma fonte palestina, disse na quarta-feira que os esforços egípcios para diminuir as tensões entre Israel e a Jihad Islâmica ainda estão em andamento, mas Israel até agora negou os pedidos do grupo terrorista.

O jornal disse que a Jihad Islâmica exigiu que a família de Saadi pudesse visitá-lo para verificar sua condição. Além disso, a Jihad Islâmica exigiu que Israel encerrasse as operações militares na região da Samaria e Judeia, especificamente na área de Jenin, onde Saadi foi detido.

LEIA TAMBÉM

Por último, o grupo terrorista estava pedindo a libertação de Khalil Awawda, um detento palestino atualmente em greve de fome.

A fonte disse ao jornal que Israel estava negando os pedidos, principalmente em relação às suas operações na região da Samaria e Judeia.

O Canal 12 informou que Israel passou mensagens mais ameaçadoras à Jihad Islâmica, por meio de mediadores egípcios, de que começaria a intensificar as ações contra Gaza se o grupo terrorista não recuasse de seus planos de vingar a prisão de seu líder.

A rede disse que Israel pode emitir sanções econômicas à Faixa, que podem incluir o fechamento da zona de pesca de Gaza.

Fonte: The Times of Israel
Foto: Shutterstock

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.