Vacina para jovens e passaporte verde para 200 mil

A Comissão de Vacinas do Ministério da Saúde recomendou a ampliação da vacinação contra o Corona para as idades de 16 a 18 anos, para não prejudicar os exames de admissão.

O comitê discutiu as várias opções para a continuidade da operação, devido aos relatos de que pequenas interrupções na administração das doses das vacinas são esperadas no início de fevereiro, com menor número de vacinas chegando ao país.

O comitê recomendou não vacinar outras faixas etárias abaixo de 40 anos, e a decisão final fica a critério do diretor-geral do Ministério da Saúde, professor Hezi Levy.

O Ministério da Saúde informou que atrasos no recebimento das vacinas são esperados na última semana de janeiro e no início de fevereiro. Como resultado, no final do mês, espera-se que o número de vacinados a cada semana caia de 1,2 milhão para apenas 600.000, a menos que a administração da segunda dose da vacina seja adiada em favor dos que ainda não receberam a primeira dose.

LEIA TAMBÉM

Ontem, além da queda no coeficiente de infectados que passou a 8,9% contra 9,2% registrado no dia anterior, foi quebrado outro recorde no número diário de vacinados, quando 224 mil israelenses receberam a vacina: 69.183 receberam a primeira dose e 154.377 a segunda.

Assim, o número total de vacinados aumentou para cerca de 2,5 milhões de cidadãos, dos quais 850.000 também receberam uma segunda dose. 200.000 israelenses já são elegíveis para um passaporte verde.

Foto: Cincinnati Children’s Hospital Medical Center

2 thoughts on “Vacina para jovens e passaporte verde para 200 mil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *