Vinho e verão combinam?

Por Renata Rosenthal

Há quem diga que vinho não combina com calor e associe vinho exclusivamente àquele dia de ficar embaixo do cobertor. Mas a verdade é que o verão pode sim ser associado a um vinho bem geladinho. E para servir um vinho bem geladinho, não precisa também ser necessariamente branco ou rose, mas há de se pensar em alguns detalhes.

A temperatura de serviço dos vinhos está necessariamente atrelada ao tipo de vinho que estamos tratando. Pode ser tinto, branco, rose ou espumante, mas o mais importante neste caso é quão leve ou encorpado é o vinho. Há vinhos mais leves de todas as cores, assim como também há vinhos mais encorpados de todas as cores.

O que dá esse “corpo” ao vinho é a percepção que temos em boca a partir de uma somatória de várias características dele, como acidez, álcool, açúcar, entre outras. Geralmente os vinhos leves são mais delicados, fáceis de beber, tem aromas mais frutados. É aquele que dá pra beber só ele e mais nada ou com uns petiscos, na praia, na piscina, um dia qualquer em casa vendo um filme ou mesmo em um evento social.

Os vinhos com mais corpo são aqueles que têm mais estrutura, geralmente pedem uma comida acompanhando e pedem para apreciarmos, prestarmos atenção em cada aroma e sabor presente. Eles têm geralmente outros aromas além da fruta, como aromas de uma possível passagem em madeira, por exemplo, ou mesmo aromas de evolução do vinho.

Sendo assim, os vinhos que podemos servir a temperaturas mais baixas são os mais leves, independente se for tinto ou branco. Se for um tinto, uvas como Pinot Noir e Gamay geralmente produzem vinhos mais leves e ficam ótimos refrigerados; em relação a vinhos brancos, de maneira geral, Sauvignon Blanc e Sémillon são excelentes opções bem geladinhas.

Em Israel, há uma vinícola dedicada exclusivamente à produção de vinhos brancos. O nome dela é Sphera Winery. Ela fica localizada nas colinas da Judeia e abriu as portas em 2013. É comandada por uma mulher, Sima Rav Hon, e seu marido, Doron Rav Hon, que é também o enólogo da vinícola.

O First Page é uma das maravilhas da Sphera. É um vinho elaborado com blend de três tipos de uvas: Semillon, Chenin Blanc e Roussanne, envelhecidas individualmente. Provei esse vinho e achei o vinho super saboroso, volumoso e com o corpo na medida, tanto para servir bem geladinho, como até se deixar esquentar um pouco, ainda fica excelente. Notas de frutas amarelas e cítricas, e a acidez, apesar de pronunciada, estava completamente integrada à fruta, o que deixou ele bem leve e refrescante.

O nome desse vinho, First Page, representa a virada de página que o casal deu nessa nova aventura, que foi abrir o próprio negócio, e que tem revolucionado a produção de vinhos brancos aqui em Israel.

8 thoughts on “Vinho e verão combinam?

  • 15 de julho de 2020 em 18:26
    Permalink

    Muito legal o post!!! Adorei!!!
    Sucesso no seu novo blog!!! 🍷

    Resposta
    • 19 de julho de 2020 em 14:34
      Permalink

      Muito obrigada, Carol!

      Resposta
  • 15 de julho de 2020 em 22:09
    Permalink

    Adorei as dicas do seu post e quero muito experimentar o First Page torcendo pra que ele signifique uma virada de página na minha vida também.
    Sucessos com o blog.

    Resposta
    • 19 de julho de 2020 em 14:35
      Permalink

      Ele é realmente maravilhoso!!! Obrigada, Olimpia!

      Resposta
  • 15 de julho de 2020 em 23:22
    Permalink

    Excelentes dicas !
    Tudo para apreciar o melhor desta maravilha que é o vinho!

    Resposta
    • 19 de julho de 2020 em 14:35
      Permalink

      Muito obrigada, Christiano!!

      Resposta
  • 16 de julho de 2020 em 18:47
    Permalink

    Acompanhando sempre agora! Parabéns pelo texto!

    Resposta
    • 19 de julho de 2020 em 14:35
      Permalink

      Aaaah, Luizinho, obrigada!!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *