Abertura de restaurantes será decidida neste sábado

A aprovação final para reabertura de restaurantes e outros negócios, prevista para este domingo, será decidida na noite deste sábado.

A votação final sobre o levantamento das restrições devidas ao coronavírus foi adiada, na sexta-feira, desagradando os proprietários de restaurantes, que já contavam com a aprovação para a reabertura.

Além de restaurantes, a próxima etapa de saída do lockdown inclui a reabertura de algumas escolas, cafés, locais de eventos, atrações e hotéis – com algumas das atividades disponíveis apenas para aqueles com Passaporte Verde, que sinaliza que o portador está imunizado contra o vírus.

O adiamento da votação foi supostamente causado por um atraso na redação dos regulamentos por consultores jurídicos.

A notícia frustrou alguns empresários que investiram bastante para a reabertura.

LEIA TAMBÉM

Oleg Bartov, dono de um bar no centro de Israel, disse ao site de notícias Ynet que começou os preparativos para a reabertura na terça-feira. “Trouxe uma equipe de limpeza depois que o local ficou fechado por mais de meio ano. Pedi mantimentos, cerveja, carne, verduras e estou pronto para abrir o local”, disse. “Estou pronto para receber dezenas de clientes por noite, e se eles decidirem não abrir, depois do prejuízo financeiro causado no ano passado, perderei milhares de shekels a mais”, disse ele.

A Associação de Restaurantes de Israel advertiu que as linhas do governo para a reabertura estavam sendo alteradas no último minuto.

Um representante da associação disse à Ynet que o governo estava discutindo a necessidade de mais espaço entre as mesas e a limitação da capacidade, mais do que o planejado anteriormente.

O Canal 12 relatou, na sexta-feira, que apenas cerca de 6.000 restaurantes deveriam reabrir no domingo, de mais de 14.000 que operavam antes da pandemia. Cerca de 4.000 restaurantes fecharam definitivamente.

Foto: Yossi Aloni (Flash90)

One thought on “Abertura de restaurantes será decidida neste sábado

Fechado para comentários.