Crianças recuperadas estão isentas de teste

Os alunos menores de 12 anos que se recuperaram do COVID nos últimos seis meses estarão isentos da obrigação de apresentar um teste de antígeno negativo, quando voltarem para a escola após os feriados de Sucot, anunciaram as autoridades no final do domingo.

Um comunicado conjunto dos ministérios da educação e da saúde anunciou a mudança antes do retorno às aulas. Cerca de 50.000 crianças devem retornar às aulas na tarde de quarta-feira, mas a maioria dos alunos volta na quinta-feira.

Os alunos que não adoeceram ainda terão que apresentar teste negativo para poderem entrar nas escolas, conforme decisão do gabinete.

Antes do início do ano letivo, em 1º de setembro, os pais de todos os alunos da primeira à sexta séries foram solicitados a retirar os kits de teste rápido de antígeno nas escolas e administrá-los aos filhos, como condição de entrar na escola.

Os testes rápidos podem ser feitos em casa e os resultados demoram menos de 15 minutos. De acordo com a nova medida, os pais ou responsáveis ​​serão convidados a retirar um kit de teste nos locais de distribuição do Magen David Adom e assinar uma declaração de que o teste deu negativo.

LEIA TAMBÉM

O plano foi criticado por professores de escolas e jardins de infância, que disseram que não era seu trabalho monitorar a adesão dos alunos às regulamentações de saúde.

Na semana passada, Yaffa Ben David, que é secretária-geral do Sindicato dos Professores de Israel, disse aos legisladores que diretores de escolas e professores de jardim de infância não deveriam ser “guardiões do coronavírus”.

Os professores também enfrentam outras restrições. A partir de 3 de outubro, será exigido deles um Passaporte Verde para entrar na escola. Aqueles que não apresentarem ou se recusarem a apresentar não poderão ingressar no colégio, não poderão dar aulas remotamente e terão seus salários suspensos.

De acordo com as regras atuais do Passaporte Verde, a entrada em determinados locais e eventos é limitada àqueles com comprovante de vacinação, recuperação do COVID-19 ou resultado de teste negativo.

O primeiro-ministro Naftali Bennett teria recuado, no sábado, contra a imposição de novas restrições ao coronavírus, mesmo com o número de pacientes COVID que requerem ventiladores subindo para níveis não vistos em Israel há meses.

O anúncio coincide com o anúncio da Pfizer de que apresentará dados sobre a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra o coronavírus aos reguladores dos EUA para autorização, dentro de alguns dias.

“É uma questão de dias, não de semanas”, disse o CEO Albert Bourla, no domingo.

Seria um passo significativo para o início da vacinação de crianças mais novas, especialmente com crianças de volta à escola em muitos países e a disseminação da variante Delta que causa um aumento nas infecções infantis.

Após o anúncio da Pfizer sobre a eficácia de sua vacina em crianças pequenas, um alto funcionário do Ministério da Saúde israelense disse que o país aguardará a aprovação do FDA antes de dar a vacinação COVID-19 para crianças de 5 a 11 anos.

Embora a quarta onda de infecções em Israel tenha registrado um número recorde de casos diários, o número de pacientes que precisam de hospitalização permaneceu menor do que durante as ondas anteriores, o que os especialistas atribuem às altas taxas de vacinação do país.

Fonte: The Times of Israel
Foto: Avshalom Sassoni (Flash90)

2 thoughts on “Crianças recuperadas estão isentas de teste

  • 27 de setembro de 2021 em 13:58
    Permalink

    A pergunta agora deve ser: qual a situação vacinal dos internados em hospitais e em suas UTIs? (não tomaram vacina, tomaram uma dose, tomaram duas doses, tomaram três doses / de que vacina? Em Israel parece ser 100% da Pfizer). A morte de uma recruta e de um Comandante da Brigada Golani, relatados neste site, ainda são suspeitas, para mim, como possível reação adversa à vacinação. Não tivemos nenhuma investigação mais aprofundada dos casos?

  • Pingback: Gabinete Corona se reunirá depois de um mês - Revista Bras.il

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: