Ministro da Saúde sugere quarta dose de vacina

O ministro da Saúde, Nitzan Horowitz, disse na quarta-feira que os israelenses podem precisar receber uma quarta dose da vacina COVID-19, em algum momento, se os casos voltarem a subir. Segundo Horowitz, o país já pode estar vendo o início de uma quinta onda de infecção.

“Não é irracional pensar que precisaremos de uma quarta vacina”, disse Horowitz em entrevista ao Canal 12, depois que dados do Ministério da Saúde indicaram que 9 por cento dos novos casos diagnosticados na terça-feira receberam a terceira dose de reforço.

A maior preocupação, entretanto, não é com os adultos triplamente vacinados, mas com as crianças que ainda não foram vacinadas. Israel começou a dar vacinas em crianças de 5 anos esta semana, em meio a sinais que apontam para o aumento das taxas de infecção entre crianças.

Alguns analistas se referem ao atual aumento das infecções como a “onda infantil”.

O secretário do gabinete coronavírus Salman Zarka, que lidera as ações nacionais contra à pandemia, disse acreditar que Israel já está em uma nova onda de infecções.

“Não estamos entre as ondas, estamos no início de uma nova onda”, disse Zarka à emissora pública Kan na quarta-feira.

LEIA TAMBÉM

“Quando pensamos na quinta onda, não pensamos em um aumento de casos como esse. Pensamos em uma nova variante importada do exterior, como o que está acontecendo agora na Europa”, disse Zarka.

Houve 605 novas infecções na terça-feira, cerca de 76% das quais eram pessoas não vacinadas. Não ficou claro se as 9% das pessoas que foram infectadas após receber a dose de reforço contraíram a doença após as duas semanas necessárias para que esta fizesse efeito.

Fonte: The Times of Israel
Foto: Olivier Fitoussi (Flash90)

https://www.timesofisrael.com/health-minister-suggests-fourth-vaccine-dose-amid-rising-fears-of-fifth-covid-wave/

2 thoughts on “Ministro da Saúde sugere quarta dose de vacina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *