Segundo astronauta de Israel vai para o espaço

O astronauta israelense Eytan Stibbe vai se tornar o segundo astronauta de Israel, ao decolar na histórica missão espacial “Rakia” de Israel para a Estação Espacial Internacional (ISS), nesta sexta-feira.

“Sinto-me muito seguro e confio no equipamento que estamos usando”, disse Stibbe em uma entrevista coletiva na terça-feira da Flórida, onde está em quarentena pré-voo.

Stibbe está liderando a Missão Rakia de Israel como parte do Axiom Space Ax-1, a primeira missão privada do mundo à ISS, e deve passar cerca de uma semana lá.

Eytan Stibbe, um ex-piloto de caça, viajará para a ISS a bordo de uma cápsula SpaceX Dragon em uma missão comandada pelo astronauta hispano-americano e vice-presidente da Axiom Space Michael Lopez-Alegria, ao lado do piloto da missão Ax-1 Larry Connor, um empresário americano e Mark Pathy, especialista da missão Ax-1 e pesquisador canadense.

Stibbe levará fragmentos do diário pertencentes a seu amigo piloto da Força Aérea, o falecido astronauta Ilan Ramon.

Entre outros itens já embalados pela Stibbe, estão um sino da paz japonês, um cubo de vidro com a inscrição de uma oração pelo bem-estar do Estado de Israel, uma nanobíblia, uma moeda antiga cunhada durante a revolta de Bar Kochba e descoberta recentemente em uma caverna no deserto da Judéia e um pião.

A missão Rakia será lançada 19 anos depois que Ramon foi enviado ao espaço. Ele morreu no trágico acidente do ônibus espacial Columbia, em 2003, ao lado de seis colegas astronautas ao reentrar na Terra.

LEIA TAMBÉM

Stibbe descreveu os restos do diário como uma “lembrança da dor, a maravilhosa amizade que cresceu entre nós, irmãos de armas, e que se desenvolveu em uma amizade de alma gêmea entre as famílias e simboliza o sonho de viagem espacial”.

Stibbe contou que ninguém sabia que Ramon mantinha um diário pessoal no espaço até algumas semanas após o desastre do Columbia, quando um rastreador nativo americano procurando por restos do ônibus espacial no Texas encontrou algumas páginas com escrita hebraica. Oito páginas foram recuperadas do diário, nas quais Ramon documentou suas experiências desde o lançamento até seu sexto dia no espaço.

“O diário sobreviveu ao calor de 1.800 graus quando a explosão aconteceu enquanto o ônibus voava a uma altitude de 60 km”, escreveu Stibbe. “Ele chegou à Terra quase inteiro, apenas um pouco chamuscado”. “Em uma das páginas, Ilan escreveu as palavras kidush da noite de Shabat”, acrescentou. “Ele até pontuou para não pronunciá-los errado. Ele nomeou o diário simplesmente: Diário do Astronauta. Ilan Ramón”.

A missão Rakia de dez dias, a primeira viagem totalmente privada à estação espacial, partirá com quatro astronautas. Durante a missão, Stibbe conduzirá mais de 30 experimentos de ciência e tecnologia para várias universidades e startups em Israel.

Fontes: The Algemeiner e The Times of Israel
Foto: Cortesia Technion

One thought on “Segundo astronauta de Israel vai para o espaço

Fechado para comentários.