Turistas israelenses podem ser alvo do Irã

O Conselho de Segurança Nacional de Israel, na segunda-feira, aconselhou os turistas a não viajarem para os Emirados Árabes Unidos e outros países da região, prevendo a possibilidade de ataque do Irã.

O alerta incluiu Dubai e Abu Dhabi nos Emirados Árabes Unidos, bem como Bahrein. Os dois países do Golfo Árabe estabeleceram laços diplomáticos com Israel no ano passado com acordos históricos mediados pelos Estados Unidos.

“Acreditamos que o Irã continuará operando no futuro próximo para prejudicar alvos israelenses”, disse em comunicado o Conselho de antiterrorismo.

Ele identificou Geórgia, Azerbaijão, Abu Dhabi, Dubai, Bahrein, a região curda do Iraque, bem como Turquia, Jordânia e Egito como áreas a serem evitadas.

A avaliação do sistema de defesa israelense é que Teerã ainda não respondeu na medida em que deseja ao assassinato do cientista nuclear iraniano Mohsen Fakhrizadeh, que atribui a Israel.

LEIA TAMBÉM

Além dos ataques iranianos a navios israelenses nos últimos meses, Jerusalém diz que o Irã tentou realizar ataques contra alvos israelenses em todo o mundo, incluindo os Emirados Árabes Unidos.

Depois de estabelecer laços com Israel no ano passado, os Emirados Árabes Unidos se tornaram um destino popular para turistas israelenses, mesmo depois que um aviso de viagem semelhante foi emitido.

A pandemia de coronavírus interrompeu a maioria das viagens. Mas depois de uma campanha de vacinação bem-sucedida, Israel começou a reabrir sua economia e espera que o turismo ganhe força nos próximos meses.

No mês passado, a mídia israelense relatou um ataque iraniano frustrado contra uma embaixada israelense na África Oriental. Autoridades de inteligência disseram que a tentativa de ataque foi planejada por agentes iranianos com dupla cidadania europeia, cuja tarefa era coletar informações em locais israelenses, bem como nas embaixadas dos Estados Unidos e dos Emirados Árabes Unidos, como parte da tentativa de Teerã de vingar as mortes de Soleimani e Fakhrizadeh.

Fonte: Haaretz

Foto: travelphotographer (Pixabay)

One thought on “Turistas israelenses podem ser alvo do Irã

Fechado para comentários.