Banco de dados simplifica jornada da barriga de aluguel

A startup israelense GoStork criou o maior banco de dados de fertilidade do mundo para pais que buscam fertilização in vitro, barriga de aluguel ou doação de óvulos.

Quando Eran Amir e seu marido queriam começar uma família, eles encontraram um número enorme de opções e nenhuma plataforma única para comparar agências que ofereciam as várias ferramentas do comércio de fertilidade: barriga de aluguel, doação de óvulos e espermatozoides, clínicas de fertilização in vitro. Não havia um banco de dados central, nem análises ou classificações, nem listas de preços transparentes.

Isso era inaceitável para Amir, especialmente considerando que conceber um filho com a ajuda de provedores de fertilidade pode facilmente chegar a US$ 200.000 – e o seguro, pelo menos nos Estados Unidos, onde vive Amir, não cobre boa parte das despesas.

Para Amir, um empreendedor de tecnologia veterano de 25 anos que havia trabalhado na Amdocs em Israel e foi major no IDF por sete desses anos, a solução foi construir um mercado online para aqueles que embarcavam na jornada da fertilidade, uma ferramenta muito necessária dado que um em cada oito casais é afetado pela infertilidade.

LEIA TAMBÉM

A plataforma GoStork, fundada em 2020, agora tem o maior banco de dados de doadoras de óvulos e agências de mães substitutas do mundo, com cerca de 10.000 doadoras de óvulos listadas (de um total de cerca de 15.000 nos Estados Unidos).

GoStork coloca todas as informações em um só lugar. Enquanto em Israel a fertilização in vitro é geralmente coberta pela saúde nacional, em outros países é uma despesa que sai do bolso. Um único ciclo pode custar US$ 15.000 e a maioria das mulheres precisa de dois a três ciclos. Se precisar de uma doadora de óvulos, são outros US$ 30.000. Uma portadora gestacional custa entre US$ 80.000 e US$ 130.000.

A GoStork opera nos EUA, o maior centro de fertilidade do mundo e onde muitos casais gays israelenses se dirigem para doação de óvulos e barriga de aluguel. Não é o país mais barato para encontrar uma mãe substituta, mas dá aos futuros pais a mais estrita proteção legal.

Amir planeja expandir para Europa, Ásia e Israel no futuro. O GoStork é gratuito para os pais e até agora registrou milhares de pessoas de todos os estados dos EUA e de outros 60 países.

Fonte: Israel21c
Foto: Manuel Alejandro Leon (Pixabay)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *