Bibi lidera pesquisa para primeiro-ministro

Uma pesquisa, realizada por Ma’agar Mohot e publicada pelo jornal Israel Hayom esta semana, revelou que 55% dos israelenses dizem que Netanyahu é o candidato mais qualificado para ser primeiro-ministro, acima dos 34% da pesquisa anterior, divulgada em meados de janeiro.

O ministro do Exterior, Yair Lapid, ficou em segundo lugar com 21%, seguido pelo atual primeiro-ministro Naftali Bennett com 14% e o ministro da Defesa Benny Gantz com 10%.

Os entrevistados deram notas baixas ao governo atual no manejo da economia, na ameaça nuclear iraniana, na política externa e no coronavírus. Apenas em questões de segurança o governo tem uma classificação positiva, com 38% dos entrevistados classificando sua ação como boa, em comparação com 33% que disseram que era ruim.

Em questões econômicas, 55% dos entrevistados classificaram o tratamento do governo como ruim, em comparação com 20% que disseram que era bom; em relação ao coronavírus, 39% deram notas negativas ao governo contra 34% que deram notas positivas; em política externa 41% viam negativamente o desempenho do governo, contra 33% que o viam positivamente.

Os israelenses estavam quase igualmente divididos sobre a questão de saber se o atual governo durará todo o seu mandato, com 41% prevendo que sim, em comparação com 36% que acreditam que não. Apenas 35% dos entrevistados acreditam que o acordo rotativo entre Bennett e Lapid será mantido.

LEIA TAMBÉM

Se novas eleições fossem realizadas hoje, a pesquisa indicou que o Likud continuaria sendo de longe o maior partido com 34 assentos, seguido por Yesh Atid com 17, Azul e Branco com 10, o Partido Religioso Sionista com 9, Trabalhista com 8, Shas e Judaísmo da Torá Unida com 8 cada, a Lista Árabe Conjunta e Yamina com 6 cada, Yisrael Beytenu com 5, a Lista Árabe Unida e Meretz com 4 cada, enquanto o partido Nova Esperança não conseguiria ultrapassar o limiar eleitoral de 3,25%.

Separados por bloco, os partidos alinhados ao Likud receberiam um total de 59 cadeiras, um a mais que na votação anterior de Ma’agar Mohot, divulgada em janeiro, enquanto o bloco de esquerda-árabe cairia de 51 para 50. Partidos de centro-direita não alinhados com o Likud receberiam 11 cadeiras.

Fonte: Israel National News
Fotos: Wikimedia Commons

2 thoughts on “Bibi lidera pesquisa para primeiro-ministro

  • 25 de março de 2022 em 13:00
    Permalink

    Esse Bennett, careca traidor vai pagar caro por ter expulsado judeus da nossa Judeia e Samaria. Ele está desativando os postos de controle da Judeia e Samaria. E por isso corremos riscos! Lembrando que o Bibi ia anexar a Judeia e Samaria. E esse governo importou 9000 ucranianos não judeus, comedores de porco, que abriram igrejas desvirtuando mais ainda essa terra que deveria ser o único país dos judeus.

    • 25 de março de 2022 em 17:21
      Permalink

      Concordo plenamente com voce!! Ainda bem que pouco a pouco o povo esta abrindo os olhos para o desastre que “esse careca traidor” e sua turma ( Lapid, Gantz Liberman, etc) estao causando para nos judeus israelenses!! Vao aprodecer na escuridao da Historia

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: