Diminui números de casos de corona em Israel

O número de novos casos diários de Covid-19 em Israel continua diminuindo, atingindo a menor porcentagem de resultados de testes positivos desde junho, de acordo com um relatório do The Jerusalem Post.

Na segunda-feira, 780 pessoas foram diagnosticadas com coronavírus – 2,1% das 36.605 pessoas examinadas. Dos doentes, apenas 467 estão em estado grave – também o menor número em meses.

A notícia do declínio vem no contexto de várias decisões tomadas na noite de segunda-feira pelo gabinete do coronavírus, incluindo a de permitir que as crianças da primeira à quarta série voltem à escola no domingo. Eles estudarão em pequenos grupos e usarão máscaras.

Além disso, o gabinete aprovou a reabertura de salões e outras atividades e serviços individuais (aulas de direção ou personal training, por exemplo), bem como tratamentos de medicina alternativa.

LEIA TAMBÉM

O gabinete deve se reunir novamente na quinta-feira para finalizar a decisão sobre a abertura de lojas de rua na próxima semana. O ministro da Saúde, Yuli Edelstein, advertiu que “estamos brincando com fogo” ao abrir de uma vez. No entanto, o primeiro-ministro e o vice-primeiro-ministro se pronunciaram a favor da abertura das lojas.

Em entrevista, o vice-ministro da Saúde Yoav Kisch disse que o governo está tomando decisões de forma diferente desta vez em relação à primeira onda e que as decisões devem ser tomadas com base em dados e não em datas, para não falar de política ou populismo.

Um relatório do Centro Nacional de Informação e Conscientização sobre o Coronavírus, divulgado na terça-feira, alertou que pode haver uma desaceleração na tendência nos próximos dias, quando tiverem passado quase duas semanas desde que as pré-escolas voltaram a funcionar.

Relatório do Ministério da Saúde de 26 de outubro mostrou que havia 107 pré-escolas fechadas por causa do coronavírus de um total de 20 mil e que cerca de 20 alunos e 14 funcionários estavam infectados com o vírus. Cerca de 1.070 alunos e funcionários estão isolados.

O Centro Médico da Universidade Hadassah disse que, devido ao declínio significativo de novos pacientes, decidiu fechar duas de suas enfermarias. Hoje, 50 pacientes estão internados lá – 37 em estado crítico. No início do mês, havia cerca de 150 pacientes.

3 thoughts on “Diminui números de casos de corona em Israel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *