Governo dá ajuda para garantir turismo em Israel

O governo de Israel anunciou um pacote de NIS 300 milhões (pouco mais de US$ 88 milhões) para distribuir entre os hotéis do país, como parte de um plano para sustentar o setor de turismo em meio à pandemia de coronavírus.

Os subsídios serão fornecidos para compensar as operações do período de junho de 2020 a maio de 2021, “a fim de preservar a indústria do turismo em Israel e garantir sua existência continuada após a crise”, informou.
Segundo o Ministério do Turismo, o pacote de ajuda “é uma resposta complementar aos extensos mecanismos de ajuda implementados pelo Estado” para sustentar a economia do país, atingido pela pandemia.

De acordo com o plano, a elegibilidade para a bolsa de auxílio e seu valor “serão determinados de acordo com a redução na receita da unidade hoteleira em relação ao período correspondente em anos anteriores”, disse o ministério em um comunicado. O valor do subsídio será atribuído de acordo com o número de quartos do hotel.

“Este é mais um passo que estamos dando para preservar a economia em tempos de crise”, disse o ministro das Finanças, Israel Katz. O programa “traz certeza e assistência de longo prazo aos hotéis afetados pela crise”, disse ele.

LEIA TAMBÉM

Hoje, Israel tem cerca de 430 hotéis com mais de 55.000 quartos, em um setor que emprega cerca de 41.000 trabalhadores.

De acordo com o ministro do Turismo, Assaf Zamir, esse é “mais um passo importante para a manutenção da infraestrutura do setor em Israel.”

“Continuaremos trabalhando para ajudar todas as partes da indústria do turismo a superar a crise do coronavírus e voltar a ser um motor de crescimento econômico”, acrescentou Zamir.

2 thoughts on “Governo dá ajuda para garantir turismo em Israel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *