O poder transformador da organização

Por Adolfo Berger

Olá a todos! Com muito prazer, a partir de hoje, estarei escrevendo sobre organização aqui na Bras.il.

Vou escrever sobre diversos temas e nichos da organização. Talvez vocês não tenham ideia do quanto amplo é este segmento e da quantidade de profissionais que temos nas diversas áreas, no Brasil, em Israel e no mundo. Creio que vocês irão gostar.

Caso tenha algum tema que queiram conversar e/ou ver aqui, enviem suas sugestões e dúvidas que farei o possível para dirimi-las.

Gostaria, primeiramente, de contar como tudo começou.

Sempre fui um jovem apaixonado por organização. A ponto de eu mesmo arrumar meu guarda-roupas e dobrar minha roupa de cama antes de sair para a escola. E, no final do ano, arrumar, organizar e descartar tudo que fosse necessário dos guarda-roupas da família.

Tenho um amigo que se recorda de como eu chegava na escola com a tabela organizada dos resultados e colocações dos times de futebol (outra de minhas paixões) de todo o Brasil.

Passado o tempo e vivendo organizado, em 2015 fiz uma viagem que a desorganização por onde passei foi uma coisa que me chamou muita atenção. No retorno da viagem, comentando, num jantar, com amigos, me perguntaram: você conhece a profissão de Personal Organizer?

Diante da minha negativa, curiosidade e paixão pelo tema, fui buscar informações a respeito. Estávamos no mês de agosto daquele ano. Em setembro, eu fazia o meu primeiro curso para transformar o que fazia de forma amadora e apaixonante em profissão.

Os detalhes disso ficam para uma próxima futura conversa. Vamos falar agora sobre o poder transformador da organização.

A organização é um processo que visa ganhar tempo, qualidade e produtividade. Por isso, pode, e deve, ser aplicado na sua casa, no seu escritório, na sua empresa, na sua estação de trabalho. Na sua vida pessoal e profissional. Como são conceitos testados e aplicados pelos Personal Organizers, posso garantir que você pode utilizá-los onde quer que esteja, tanto quanto diferentes forem as culturas, como acontece com Brasil e Israel.

Nas nossas conversas aqui na Bras.il vou falar com vocês que são um público muito eclético. Vamos conversar e trocar ideias com os curiosos e interessados em se informar nos diversos temas propostos. Com os que procuram informações, soluções e dicas para uma vida mais organizada e, por consequência, menos estressante. Vamos falar com quem está num momento de mudança de algum aspecto na sua vida pessoal ou profissional e também com quem deseja mais qualidade de vida, seja organizando sua vida financeira, organizando sua rotina ou precisando ter mais tempo com sua família.

Pois tenha a certeza que um Personal Organizer pode te ajudar. Se tem alguma coisa te incomodando e você identifica que precisa de ajuda, isso já é um grande passo para conseguir seu objetivo. Em qualquer aspecto da vida, aliás.

Pensei numa coisa e quero compartilhar com vocês. Como estou escrevendo para um público eminentemente brasileiro, vou usar o termo Organizador Profissional. Depois me escrevam se concordam com a decisão de abrasileirar o nome da profissão.

Vamos começar com a primeira dica importante: você deve definir o que é importante, o que é urgente e o que é circunstancial, como numa gestão de projetos.

Um gestor de projetos, não é a pessoa que apenas acompanha o que foi planejado para acontecer. É a pessoa que vai adequando valores, tempo e pessoas para que o projeto evolua e aconteça, a cada etapa, de acordo com o que aconteceu na etapa anterior.

O que é importante? São as tarefas que terão diferencial na sua vida. Tarefas com prazos definidos para serem realizadas e que causarão impacto em você e/ou nos seus a curto, médio ou longo prazo.

O que é urgente? São as tarefas para as quais você não dispõe de muito tempo. Você já está no limite de realizá-las. Também podem ser tarefas que surgem sem aviso prévio. Aquelas que dizemos que precisam ser feitas para ontem, mesmo se acabaram de ser demandadas. Nesse caso, há que se ter consciência de saber lidar com pressão e estresse.

O que é circunstancial? São as tarefas menos importantes ou que não terão impacto direto e imediato na sua vida. São as tarefas que podem ser realizadas nos “encaixes” e que podem ser postergadas sem lhe causar nenhum impacto.

Daqui a duas semanas falaremos sobre a organização da rotina e da agenda. Não esqueçam de enviar suas sugestões e comentários para os meus contatos que estão aí ao lado. Até lá!

6 thoughts on “O poder transformador da organização

  • 18 de agosto de 2022 em 10:21
    Permalink

    Esse Adolfo é fera demais! Parabens pelo artigo.

  • 18 de agosto de 2022 em 11:54
    Permalink

    É fascinante a carreira do Organizador
    Profissional. Vou acompanhar de perto suas
    Preciosas informações! Obrigada, parabéns pelo rico artigo
    e bem vindo Adolfo!

    • 23 de agosto de 2022 em 11:10
      Permalink

      Oi Rosana! É sempre muito bom receber esse carinho em forma de apoio.

  • 21 de agosto de 2022 em 14:37
    Permalink

    Adolfo é meu amigo de infância e sempre super organizado, brincalhão e alegre. Acho esses ingredientes ótimos para a vida. Tive a oportunidade de te-lo conosco em nosso escritório que é uma Administradora e Corretora de imóveis. Imaginem o que isso representou para nossa empresa.! Estamos contentes de vermos ele nesse espaço, dando uma organizadinhos em nossas vidas, sucesso Adolfo!

    • 23 de agosto de 2022 em 11:12
      Permalink

      Oi David! Muito obrigado pelo carinho e apoio de sempre. É gratificante receber esse retorno de quem nos conhece tão bem.

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: