Pílula contra COVID pode estar disponível no final do ano

O CEO da Pfizer, Albert Bourla, disse em entrevista à CNBC que um comprimido desenvolvido pela empresa farmacêutica americana para o tratamento de COVID-19 poderia estar disponível no final de 2021.

“Se tudo correr bem e mantivermos a mesma velocidade que tivemos até agora, e se os reguladores fizerem o mesmo, e estão, espero que até o final do ano a pílula esteja disponível”, disse ele sobre o cronograma projetado pela empresa.

A pílula da Pfizer é um inibidor da protease que visa bloquear uma enzima de que o coronavírus precisa para se replicar nas células humanas. Na semana passada, o Daily Telegraph relatou que dezenas de voluntários começaram a participar dos testes iniciais.

O teste está sendo realizado em dois locais, um nos Estados Unidos e outro na Bélgica, e envolverá até 60 voluntários com idades entre 18 e 60 anos.

A Pfizer dividiu o ensaio em três fases distribuídas por 145 dias, com mais 28 dias ao final para “triagem e dosagem”, e incluirá vários pernoites para os participantes.

LEIA TAMBÉM

A Pfizer, junto com seu parceiro BioNTech, já produziu uma vacina COVID-19 que provou ser mais de 95 por cento eficaz e tem estado no centro da campanha de inoculação em massa de Israel. Até agora, mais da metade da população de Israel recebeu as duas doses necessárias da vacina, tornando o país um líder mundial em inoculações per capita.

Bourla também disse que estava otimista de que a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA aprovaria a vacina da Pfizer para crianças de 15 anos ou menos em um futuro próximo.

Fonte: The Times of Israel
)

2 thoughts on “Pílula contra COVID pode estar disponível no final do ano

Fechado para comentários.