Novos imigrantes voltam à Rússia em um mês

Quase um em cada três cidadãos russos que imigraram para Israel nos últimos meses deixaram o país após apenas um mês com um passaporte israelense e um bônus em dinheiro destinado a facilitar o processo de absorção de novos imigrantes.

De acordo com o Jerusalem Post, cerca de 1.800 dos 5.600 cidadãos russos – quase um terço – que solicitaram a cidadania israelense e chegaram ao país em voos subsidiados pelo governo israelense não estavam mais presentes em Israel quatro semanas após a chegada.

Israel deu esses benefícios especiais para cidadãos russos que imigraram para Israel, pois as sanções americanas e europeias ao país ameaçavam causar sérios problemas financeiros e restrições à liberdade de movimento.

Normalmente, os novos imigrantes têm um período de espera definido antes de poderem obter um passaporte israelense, assistência médica e outros benefícios, mas devido a uma decisão do Ministério da Aliá de classificar os russos como refugiados que precisam de assistência imediata, essas vantagens foram concedidas assim que chegaram.

“A informação que recebemos foi que os judeus russos acham que a Cortina de Ferro deve cair novamente, então decidimos permitir a eles esses benefícios especiais”, disse um alto funcionário do Ministério Aliá ao Jerusalem Post.

“Mas quando um terço desses imigrantes aproveita a gentileza do Estado de Israel e depois sai para continuar morando na Rússia, isso é um problema sério”.

LEIA TAMBÉM

A razão para um número tão grande deles retornando à Rússia pode ser devido às expectativas de que as sanções serão aliviadas em um futuro próximo, e alguns podem nunca ter pretendido se estabelecer em Israel permanentemente.

Um passaporte israelense concede acesso sem visto a todos os países da Europa, incluindo a União Europeia e os países membros de Schengen, uma brecha atraente para judeus russos ou para aqueles com herança judaica que desejam contornar as proibições de viagem de cidadãos russos.

O contribuinte israelense está pagando a conta dos voos gratuitos, dos envelopes de dinheiro e das acomodações de hotel que os imigrantes russos recebem na chegada.

Fonte: World Israel News
Foto: Canva

One thought on “Novos imigrantes voltam à Rússia em um mês

  • 2 de maio de 2022 em 23:49
    Permalink

    Israel deve acabar com todos palestinos que joguem eles ao mar como querem fazer conosco estes facínoras do inferno Não merecemos este lixo em nosso país

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: